Cresce número de mortes violentas de jovens negros

sexta-feira 4 de março de 2011

Em seis anos, o número de mortes violentas de jovens negros subiu 12%. Estima-se que para cada jovem branco assassinado, morrem dois negros. Estes são dados do Mapa da Violência 2011, do Instituto Sangari e do Ministério da Justiça.

Entre a população geral o índice é ainda mais preocupante. O integrante da Uneafro-Brasil Douglas Belchior lembra que, somente no estado da Paraíba, para cada branco assassinado, morrem 20 negros.

Douglas Belchior aponta a ação letal das polícias como uma “política de extermínio de endereço certo”: os bairros pobres. E nessas localidades, afirma Belchior, a população negra é a mais atingida.

Está em curso a criação de uma frente nacional de resistência. Diversas organizações sociais se reuniram esta semana na cidade de São Paulo para organizar a “luta contra violência policial e a opressão do Estado”.

O grupo volta a se reunir no dia 10 de março, às 18h, na Rua Abolição, 167, Bela Vista, na capital paulista.

Nota com audio em: http://www.brasil.agenciapulsar.org...

Fonte: Agência Pulsar

apoio Apoio da Fundação Ford

Créditos | Admin